Vem aí a Primeira Floresta Vertical da França

Utilização de áreas verticais é uma forma de reinserir a natureza na área urbana

Com espaços cada vez mais disputados, cidades em todo o mundo estão apostando em áreas verticais para inserir mais verde na vida cotidiana. Além de dar um toque vibrante à paisagem, prédios cercados de plantas ajudam a filtrar impurezas do ar e melhorar o clima urbano. Em breve, a França ganhará sua primeira floresta vertical, a ser erguida na cidade de Villiers sur Marne, vizinha à Paris. Será uma torre de 54 metros de altura com estruturas inteiramente de madeira e voltada para residências e escritórios comerciais. Nas fachadas do projeto “Forêt Blanche” (“Floresta branca”, em português), terraços e varandas serão preenchidos por 2000 árvores, arbustos e plantas, garantindo uma superfície verde equivalente a um hectare de floresta, ou 10 vezes a área em que o edifício será erguido. Por trás do projeto, apresentado neste mês, está o renomado escritório de arquitetura italiano Stefano Boeri Architetti, que assina o projeto do famoso conjunto de prédios Bosco Verticale, em Milão e, mais recentemente, da primeira “floresta vertical” da China e uma cidade inteira florestada no mesmo país. Os projetos do escritório colocam o conceito de verde num pedestal, que extrapola as questões de decoração por si só, trazendo soluções ambientais para as cidades. Estruturas arquitetônicas que incorporam a vegetação enfrentam o desafio de combater a mudança climática e aumentar a biodiversidade em contextos urbanos. Fonte: Exame.Abril

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *